# Video 24 – Como Aumentar O Preço Das Sessões?

Ter um valor justo para o teu processo de Coaching é essencial.

Tanto para que a tua carreira te possa dar qualidade de Vida como também para que o cliente considere justo o valor pelo qual está a investir na sua transformação. Eu vejo muitas vezes excelentes profissionais a nunca poderem viver da sua paixão pelo Coaching pela dificuldade que têm de posicionar os seus preços.

Já falámos aqui em artigos anteriores do desafio de se posicionar com valores baixos.

A questão que se coloca é: Como aumentar os preços que são baixos decorrentes de um inicio de carreira menos ponderado? Regra geral as desculpas são que os clientes já conhecem os preços e que os clientes que são referenciados já trazem esses valores como referência, etc…
O que normalmente digo em tom provocador é: “Isso resolve-se com Coaching”.

Bom, mas abordado o tema com objectividade temos 2 situações. Os clientes que já são clientes e os novos clientes. Para os clientes que já são clientes importa informar que os teus preços vão aumentar.

A melhor opção é dar um prazo até ao qual o valor se mantém e que depois disso se actualiza. Ou, caso estejas a trabalhar por programa de x sessões, o mais indicado é informares que assim que termine esse programa será activado o novo tarifário. Até lá mantém os valores acordados.

Isso garante-te 2 coisas: O teu cliente já sabe o preço das novas sessões no futuro e, já fará menção dos novos valores a potenciais novos clientes (sim, eles falam do teu preço).

Agora vamos tratar do verdadeiro “inimigo” ao teu aumento de preços: TU!
Como tu vais aceitar aumentar os teus preços? Bom, todos sabemos que valorizar financeiramente o nosso trabalho nem sempre é fácil. Se queres fazer bem o teu trabalho de casa vê o documento que produzimos sobre qual o valor a cobrar por sessão. Clica AQUI para teres acesso.

Mas ambos sabemos que o valor passa por ultrapassar algumas barreiras psicológicas tuas. Uma forma de facilitar esse processo é no momento em que actualizas os teus preços, actualizares os teus serviços.

Ofereceres alguns extras para que possas sentir que o que ofereces agora aumentou valor percepcionado. Por exemplo, oferecer ebooks sobre uma determinada temática,apoio telefónico inter sessões, oferecer apoio por WhatsApp, entre outras formas que possas achar que poderá complementar o teu serviço.

O mais importante é estares seguro do teu valor e que o valor que propões está coerente com a oferta que fazes. E isso é apenas percepção. Há dois momentos mais fáceis de justificar o aumento de preços.

Inicio do ano, tipicamente Janeiro ou Fevereiro, ou segunda parte do ano, Setembro ou Outubro. Ainda assim, qualquer momento pode ser indicado desde que o faças planeadamente.

Acima de tudo lembra-te sempre: O preço não condiciona novos clientes. Só os escolhe.

 

Quer ter em primeira mão acesso aos nossos documentos, vídeos e oportunidades? 

Registe-se acedendo AQUI e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre Coaching e Eneagrama.