# Video 21 – E Se… O Cliente Não Fala E Espera Que conduzas?

Se o cliente está o tempo inteiro a “passar-te a bola”, isso é um sinal de alerta.

A primeira coisa que tens de garantir para que o programa de Coaching esteja a salvo é interromper esse padrão. Há clientes que desenvolveram o padrão de questionar sobre tudo e em particular em aspectos essenciais da sua Vida, isso pode ser bastante cómodo.

Isso pode, na verdade, ser uma boa defesa.

Regra geral, esse não é um padrão que o teu cliente aplica só contigo. Muito provavelmente essa estratégia de passar para os outros a condução da sua Vida deve-lhe ser bem mais habitual que imaginas.

Então uma estratégia possível é evidenciares isso ao teu cliente e relembrares que o processo de Coaching visa também ir para além das suas estratégias habituais e disponibilizar-se para ele mesmo encontrar as respostas pode ser um passo importante no seu desenvolvimento e na sua transformação.

Na verdade a solução mais concreta para solucionar esta questão e retomares o “controlo” da tua sessão e do programa é voltar a ficar “dono” das perguntas. Essencialmente, numa primeira fase, deverás devolver as suas perguntas.

Devolver as perguntas para que o teu cliente se disponibilize a pensar em respostas em vez de se focar nas perguntas.A “arma fatal” que desbloqueia este bloqueio é a chave do Coaching: O silêncio.

Sim, o silêncio é a chave para reverter este processo. Fazer uma questão e depois usar e abusar do silêncio. Silêncio após a primeira, e segunda e terceira questão. E voltar a questionar e a voltar a usar o silêncio… Até que o padrão se interrompa e o cliente inicie a sua verdadeira reflexão.

Para sabermos uma resposta não basta perguntar. Há que esperar por ela.

Quer ter em primeira mão acesso aos nossos documentos, vídeos e oportunidades? 

Registe-se acedendo AQUI e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre Coaching e Eneagrama.