# Video 11 – E Se…O Cliente Não Escolheu Ter Coaching

E se o cliente não escolheu fazer Coaching?

Como podes lidar com situações em que o teu cliente não pediu para ter Coaching?

Ocorre com alguma frequência no Coaching empresarial que não seja o Coachee a solicitar o processo de Coaching. Na esmagadora maioria dos casos o Coachee quando é informado que vai entrar num processo de Coaching vê nisso uma oportunidade, outros no entanto vêm uma forma indirecta de critica ao seu resultado e desempenho.

Regra geral, as organizações investem em Coaching quando vêm potencial extra no Coachee que pode ser explorado, e não como critica ao seu desempenho. Mas no que diz respeito a percepção do Coachee, fica desafiante para o próprio fazer por si essas interpretações. Sempre que o Coachee não vê no Coaching uma mais valia isso condiciona a sua performance e entrega, e consequentemente o nosso resultado.

Uma forma de garantir que isso não ocorra é que entre o Coach e a organização seja preparada uma informação sobre o programa e os motivos da intervenção. Na Eneacoaching chamamos a essa fase “Coaching Education”. É fundamental que o Coachee entre no primeiro dia já envolvido no programa.

Há casos também que, ainda que esse envolvimento ocorra, nem sempre o Coaching é a principal prioridade para o Coachee. Nesse caso, o nosso principal objectivo é garantir que isso ocorra.Acrescentar 1 a 2 sessões extra ao teu programa base pode ser uma boa “defesa” para garantir o total envolvimento do Coachee.

Nessas sessões extra, faz um desvio ao teu modelo e investe exclusivamente em trazer o teu Coachee de forma incondicional para o programa de Coaching. Lembra-te… o Coaching é como uma dança. Só funciona se os 2 quiserem.

Quer ter em primeira mão acesso aos nossos documentos, vídeos e oportunidades? 

Registe-se acedendo AQUI e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre Coaching e Eneagrama.