Sabe como lidar com todos os problemas de se trabalhar sob pressão

Olá coach, ainda agora começaste a realizar o teu sonho de fazer carreira na área do coaching e já te vês a braços com os problemas típicos de trabalhar sobre pressão!

Como Trabalhar Sobre Pressão

A group of young people working together around a table

Dificuldade em conciliar horários e compromissos, incapacidade de definir prioridades, maior cansaço físico e mental, irritabilidade, insónias e aquela sensação tão desmotivante  de passar o dia a trabalhar sem ser capaz de produzir o que quer que seja.

 

Parece-te familiar?

 

Se iniciaste há pouco tempo a tua carreira como coach é perfeitamente natural que nos primeiros tempos te sintas desorientado com as responsabilidades que acabaste de assumir, o que faz com que não sejas capaz de gerir o teu tempo da melhor forma, acabando por sentir que passas o teu dia a resolver emergências ou a adiar a concretização de outras em vez de trabalhar para concretizar os teus objectivos.

Acabas por acreditar de que nada do que estás a fazer tem sentido e daí até à desmotivação total – a que se segue a desistência – vai apenas um pequeno passo.

 

Acalma-te. Pára. Respira fundo. Expira… Inspira…

A tired man resting his head against the back of the seat in front of him.

Lidar com problemas decorrentes das pressões a que estamos sujeitos no dia-a-dia é muitas vezes uma questão de organização e em qualquer site dedicado ao tema poderás encontrar dicas para enfrentar estas situações:

  • Organizar o espaço de trabalho;
  • Fazer uma lista das tarefas a realizar e cumpri-la rigorosamente;
  • Definir prioridades (concentrando-nos nas tarefas realmente importantes);
  • Ter momentos de pausa e delegar tudo o que for possível são sugestões bastante válidas e que costumam dar bons resultados.

Mas já pensaste que o teu próprio trabalho como coach te pode ajudar a lidar com as dificuldades típicas de se trabalhar sobre pressão?

 

Por outras palavras, já pensaste em provar o teu próprio remédio?

 

Sendo o coaching um método de desenvolvimento pessoal orientado para ajudar o cliente a passar do estado em que se encontra para o estado em que deseja estar, de acordo com as suas próprias expectativas e necessidades, poderá logicamente ser usado para solucionar qualquer tipo de questão, desde sanar uma dificuldade nos relacionamentos até lidar com problemas derivados da pressão.

 

E todos poderão tirar partido desta técnica, incluindo os próprios coaches.

 

Ferramentas como a Roda da Vida, a definição de metas e acima de tudo a identificação da missão de vida ajudar-te-ão a descobrir o que é realmente importante para ti e a definir as tuas prioridades em função disso.

Como sabes, esse é o primeiro passo para gerir bem o teu tempo e viveres liberto de pressões, pois ao terminar o teu dia estarás consciente de que trabalhaste em algo realmente significativo para ti ao invés de te limitares a resolver os problemas e emergências dos outros ou simplesmente adiar as ações mais importantes que tens de concretizar.

Se reparares bem, mais não estás a fazer do que aplicar as técnicas de que te falámos acima aperfeiçoadas pelo coaching, sempre partindo do princípio de que este não vai resolver os problemas por ti mas apenas orientar-te para que tu mesmo os soluciones, desbloqueando receios e limpando a tua mente de crenças limitadoras que impedem a mudança.

Se és coach e tens problemas em lidar com a pressão não caias no engano de pensar que o coaching nada fará por ti.

Experimenta. Provavelmente terás uma agradável surpresa.

Em casa de ferreiro espeto de ferro 😉

Um Grande Abraço,

Eduardo Torgal

 

  • Marysol Camacho

    È verdade, este mito “casa de ferreiro espeto de ferro”, tem causado inconscientemente sequelas em todos nos ao longo da nossa vida. Já não era suficiente lidarmos com o facto de que estamos formatados para ver fora e não para dentro, porque quando o fazemos somos considerados egoístas, que foi preciso termos o mito a reforçar tal concepção, por tal nos parece uma grande mentira a afirmação de que “Quanto mais nos ocupemos de nós melhor será a nossa vida”. Já fazermos esta mudança de percepção abre uma porta realmente libertadora,a expansão da consciência de nos, ao perdão e a Gratidão, a final de contas a aplicar em nos próprios o conhecimento acumulado, dando lugar assim a maravilhosos brotes de sabedoria. Obrigada por esta partilha Eduardo.