Posso dar descontos no processo de coaching?

Olá coach. Começaste agora a tua jornada e sentes que precisas de destacar-te dos teus colegas de profissão, não é? Nós sabemos que sim!

Por esta altura passa pela tua cabeça todas as ideias de gestão e marketing possíveis e imaginárias, para conseguires chegar até mais clientes e começares a mostrar o que vales no mundo do coaching.

E, provavelmente, por entre as muitas questões que já colocaste a ti mesmo, existe a fadada e inevitável pergunta sobre os preços e os descontos que podem eventualmente ser aplicados nas tuas consultas de coach e durante todo o processo para que mais pessoas tenham a intenção de recorrer aos teus serviços.

Vantagens? Não há.

 

Se me tens acompanhado sabes bem o que penso acerca disso. Os descontos são um tema sensível e que tem, sem dúvida, surgem questões que deves considerar antes de tomares a tua decisão.

Iremos, por isso, explorar o mundo do desconto, para trazer até ti todas as realidades e expetativas que a ideia dos descontos passam aos clientes, para que possas, em consciência, tomar a melhor decisão.

1. As vantagens do desconto

Principalmente no começo da tua carreira, não vai ser fácil fazer frente a todas as alternativas que existem dentro do mercado para vinculares o teu espaço e destacares-te enquanto profissional.

Neste sentido, teres preços competitivos e descontos mediante o número de sessões poderá parecer uma boa oportunidade para atraíres clientes interessados num coach e apresentares-te como uma opção válida, competente, segura e em conta.

Além disto, os descontos para os pacientes mais fiéis poderão ser uma ajuda fulcral para criar uma sensação de familiaridade, fazendo com que este público, mais frequente no teu consultório, se sinta acarinhado.

Esta sensação poderá fazer com que regressem mais vezes e, por vezes, impulsionar até resultados mais positivos, conferindo-lhes uma maior motivação pela perseguição dos objetivos estipulados nas várias áreas da vida.

Neste sentido, os descontos poderão, portanto, ser uma boa opção durante o processo de coaching.

2. As desvantagens dos descontos

Como não “há bela sem senão”, os descontos podem, também, ter um efeito negativo e um lado mais “negro” e menos apelativo.

Falamos, pois, da credibilidade. Com um olhar neutro, pousado na perspetiva de um cliente que conhece os preços comuns deste tipo de atividade, o recurso a preços mais baixos poderá ser visto como um rótulo para um serviço de menor qualidade.

Assim, preços mais baixos e descontos poderão ser interpretados pelos clientes como indícios de falta de competência, o que é claramente negativo para ti e para a tua atividade.

Além disto, ao promoveres uma política de descontos, estarás a desvalorizar o teu trabalho e a fazer com que os teus clientes, por teu incentivo, acabem por fazer o mesmo.

Considerando as vantagens e desvantagens dos descontos neste processo, o ideal será o uso de uma variante intermédia, onde o teu trabalho seja notoriamente valorizado e a tua competência seja passada ao cliente.

Assim, é essencial que o valor cobrado, ainda que com eventual atenção no preço, seja adequado ao trabalho realizado.

Um Grande Abraço,

Eduardo Torgal