Perfil do profissional do futuro

Olá coach

Vivemos uma época de constantes mudanças a todos os níveis para as quais é necessário estar preparado sob pena de ficar para trás.

Entenda um pouco sobre o perfil do profissional do futuro!

A man in a beanie working on a laptop at a desk in an open office space

Em termos laborais, isto significa que os trabalhadores – e não apenas os quadros de topo – terão de mudar a sua prática profissional se quiserem manter o seu posto de trabalho.

Num futuro não muito distante não basta ser assíduo, pontual e realizar as tarefas que são atribuídas de forma competente.

 

É preciso muito mais.

 

Eis algumas das características que compõem o perfil do profissional do futuro:

1) Polivalência: num mundo em permanente mudança surge a necessidade de executares tarefas muito diferentes daquelas para as quais foste contratado.

An artist with a tattoo on his arm working at a desk

Estar preparado para esse tipo de imprevistos é a melhor forma de evitares surpresas desagradáveis.

2) Proatividade: a capacidade de iniciativa é uma das qualidades mais apreciadas pelos empregadores.

A group of people brainstorming over a laptop and sheets of paper

Claro que isso não significa que tenhas de assumir as responsabilidades do teu chefe mas todos os empregadores esperam que sejas capaz de tomar algumas decisões por ti próprio.

3) Flexibilidade: no mundo do trabalho a rigidez está fora de moda.

Two people discussing business over a table with documents

Uma mentalidade flexível é o primeiro passo para a adaptação à mudança, que deverá ser a principal característica do trabalhador do futuro.

 

4) Melhoria contínua: se tudo está sempre a mudar não podes esperar resolver os problemas de hoje com o conhecimento de ontem.

A man wearing a black backpack and baseball cap, staring at work related documents on the office wall

Estar constantemente atualizado será em breve um requisito praticamente obrigatório para qualquer trabalhador, do mesmo modo que hoje em dia o são os conhecimentos informáticos.

Muito bem. Mas como é que tu, enquanto coach, poderás ajudar os teus clientes a preparar-se para os grandes desafios que aí vêm?

Sendo o coaching um método de desenvolvimento pessoal voltado para a transformação interior em função das motivações internas do cliente e não com base em imposições externas.

O teu trabalho passará acima de tudo pela remoção de crenças limitadoras e bloqueios que impedem o teu cliente de ver o seu próprio potencial, de se percepcionar como alguém capaz de estar à altura dos desafios que o esperam.

Só se conhecendo bem cada um está preparado para aceitar desafios que possam estar fora da zona de conforto.

 

O Teste de Eneagrama

 

O primeiro passo para eliminar eventuais ideias erradas que alimentemos sobre a nossa personalidade é fazer uma espécie de radiografia da mesma para saber onde podemos e devemos melhorar.

 

E é aqui que entra o Teste do Eneagrama.

 

Este simples teste define os nove tipos de personalidade básicos do ser humano, constituindo desta forma uma poderosa ferramenta de autoconhecimento.

Uma vez determinado o tipo em que o teu cliente se encaixa, ser-te-á mais fácil orientar a sessão conforme as suas necessidades e desejos assim como a ele compreender de forma inequívoca quais os seus talentos naturais que deve potenciar e desafios que pode ultrapassar para garantir um futuro ainda mais promissor e assegurar as premissas do profissional do futuro.

Uma última observação: este teste não é uma bola de cristal e muito menos uma varinha mágica capaz de resolver os problemas dos teus clientes de um dia para o outro.

É apenas mais uma ferramenta que serve para os ajudar no processo de mudança – tal como tu és apenas o guia dessa mesma transformação.

 

Ainda assim, com luz é sempre mais fácil de percorrer o caminho.

 

Um grande Abraço
Eduardo Torgal